terça-feira, junho 11, 2013

[Polêmica] O kpop de hoje!


O Ministério da Igualdade de Gênero e Família (MOGEF) que há tempos censurou B2ST, Kim Hyun Joong, Huh Gak, Tablo, Simon D, Yoo Mirae, WE, Block B, coreografias de Jay Park, 4minute, Rania, Jewerly, hoje em dia não sabe o que fazer diante de tantos novos trabalhos censuráveis.
Antigamente, o Ministério da Igualdade de Gênero e Família bania canções por terem conteúdo prejudicial aos jovens mas com o avanço do kpop pelo mundo parece que os artistas tomaram coragem para enfrentar a censura coreana. Kim Hyun Joong foi um dos cantores que brigou pela não censura e saiu vitorioso através de uma sentença judicial.
Com a maior internacionalização do gênero, novas culturas foram incorporadas ao Kpop, rompendo um pouco com os limites conservadores impostos pela sociedade sul-coreana.
O Ministério se reuniu no dia 10 de Outubro do ano passado (2012) para discutir o assunto "censura" e assim ver se iria ou não proibir algumas novas canções. De acordo com as novas regras se a menção de gírias e drogas não é uma medida que impede o desenvolvimento de caráter dos adolescentes que escutam a música, esta mesma pode receber um passe durante a revisão.
Funcionários da MOGEF declararam, "Estamos considerando as novas condições e criando um sistema mais justo."

Comeback de "How dare you"

Se há algum tempo o grupo Sistar foi proibido de realizar a coreografia de pole dance, hoje, as meninas do After School não sofrem nenhum tipo de represália.

Comeback de "First Love"
Alguns kpoppers ainda reclamam e se sentem constrangidos por assistirem programas musicais junto a seus familiares devido ao nível de sensualidade em algumas performances. Em recente apresentação, CL (líder e rapper do grupo 2NE1), apareceu vestida com um maiô branco bem insinuante e isso gerou um reboliço nas redes sociais coreanas.


Será que muita coisa já está sendo aceita pela sociedade coreana ou a mídia quer empurrar garganta a baixo as novas performances sensuais?

Não falando somente das girlbands, sabemos que os rapazes também são bem calientes. Entretanto não é de hoje que k-boys rasgam suas blusas no palco. Convenhamos que as meninas sempre fizeram o papel de fofinhas enquanto os rapazes mostravam seus abs sem a menor vergonha.

100% - "Want u back"
Há algum tempo, o grupo 4Minute participou de um programa de variedades e literalmente calou a boca dos internautas que as criticaram na época em que o Ministério censurou a coreografia de comeback de "Mirror Mirror"
Vamos lembrar que a censura que a Coréia do Sul usa na maioria das vezes é apenas para proteger, e não para controlar. Também é importante citar de como a censura é baseada no que é 'socialmente correto'.


Entretanto não vamos esquecer que o que era motivo de censura, hoje talvez seja motivo de chamar atenção para debuts e comebacks. O que antes já era apelativo, hoje se tornou uma "briga" acirrada para ver quem consegue ser mais sensual.
Danças e mini vestimentas já não são mais "culpa" dos coreógrafos e figurinistas mas sim, um apelo pelo desejo de parecer mais atraente aos olhos dos espectadores.

E você, kpopper, o que acha dessa nova medida que os coreanos estão tomando em relação a censura?


Matéria exclusiva do KDOfficial
Autora/Colunista: Hellen M.
Reações:

Um comentário:

  1. Ah esse assunto da censura sempre gera polêmica né?
    Acho que muitas vezes o Ministério possa ter errado, não podemos saber como eram as músicas que eles baniram, afinal, elas nem vieram a público.
    Mas depois de algum tempo, acho que eles realmente perceberam que não ia mais dar certo continuar vetando tantas músicas, de infinitos grupos que debutam ou fazem comeback.
    É um assunto complicado, porque a nossa visão é completamente diferente da dos coreanos. Se essa censura existisse aqui no Brasil, acho que não sobraria estilo musical.

    Minha opinião: eu gosto que eles estejam abrindo um pouco mais a mente para algumas músicas. Acho que nunca houve grandes problemas para os homens aparecerem semi-nus em apresentações, mas é claro que existe o bom senso de não deixar mulheres fazerem o mesmo [apesar de algumas roupas serem beeeeeem provocantes].
    Espero que eu tenha conseguido me expressar ^^' e que fique claro que é o jeito que -eu- penso, não devo agradar a todos com minha opinião confusa :c

    E o KDO voltou? *-* hehe fiquei super feliz de ver o link de vocês aparecendo no meu twitter <3

    ResponderExcluir

Os comentários postados por usuários não expressam as opiniões da equipe do site.