domingo, janeiro 26, 2014

[100% sensual] Coreografias recebem sinal vermelho


Recentemente, quatro grupos de meninas passaram por uma mudança em torno de suas coreografias para que seus movimentos não fossem tão provocativos.
No entanto, a maioria das mudanças foram muito pequenas, e muitos espectadores ainda acreditam que a coreografia esteja sexy demais, especialmente para shows de música que recebem classificação para maiores de 12.
Na sub-unidade Rainbow Blaxx, as meninas alteraram a parte da coreografia em que levantavam as pernas no ar quando estavam sentadas no chão. Agora, ao invés disso, elas sentam, cruzam as pernas e torcem o corpo em outra direção.


Já as meninas do Dal shabet mudaram a parte da coreografia em que passavam a mão ao lado do peito e agora, o movimento é feito próximo ao coração.


O grupo AOA decidiu por mudar o gesto de abertura da saia no refrão da canção "Miniskirt". E agora, elas possuem uma outra coreografia no qual escorregam as mãos ao lado do quadril. Neste caso todo o refrão foi mudado em decorrência da mudança na abertura da saia. A vestimenta possui agora uma fenda desde o início da coreografia.


O grupo Girls Day mudou o início da coreografia na qual elas ajoelhavam no chão e deslizavam com o corpo para frente. A parte em que passavam a pena na perna também foi mudada juntamente com a abertura da saia que não acontece mais.



Os girlgroups realmente aumentaram o nível de sensualidade nas coreografias ultimamente, não se vê mais tantos conceitos cutes. Em uma entrevista realizada no começo desde ano, Heechul, do grupo Super Junior, falou sobre o conceito sexy utilizado por estes grupos citados: "Ao olhar para esses conceitos de girlgroups, eu acho que o nosso país sinceramente não gosta mais de conceitos cutes. Eu sou uma celebridade e um cantor - e um produto. As celebridades são um produto. Os consumidores precisam comprar e gostar de nós."
Conclusão vende-se o que o público gosta de ver. Mas o mais intrigante é que o próprio público coreano está pedindo a mudança nestas coreografias. Após a abertura do kpop para o mundo veio também o aumento de sensualidade em performances e o que parece é que a Coreia do Sul não está querendo agradar os coreanos e sim o resto do mundo que está acostumado com coreografias ousadas.
A Coreia do Sul quer vender seu produto para o exterior e para isso talvez valha tudo.

Fonte: Allkpop
Tradução/Adaptação: Hellen França
KDOfficial - Não remova sem os devidos créditos!
Reações: